Preço das casas em Portugal está a crescer (muito) mais que os salários

Em cinco anos, entre 2013 e 2018, o preço das casas em Portugal cresceu a um ritmo médio acumulado 32% superior ao rendimento de uma família média composta por dois adultos (com o salário médio) e dois filhos a cargo. Só a Irlanda bate Portugal no “ranking” dos países europeus com a maior diferença entre a evolução do custo das casas e o rendimento das famílias.

Qual é o custo de vida em Portugal?

Dinheiro Vivo

Em causa estão cálculos feitos pelo economista Eric Dor, da Escola de Negócios IÉSEG da Universidade Católica de Lille, em França. Os resultados permitem perceber a evolução do poder de compra imobiliário dos habitantes de um país. 

“Para avaliar se a aquisição de uma habitação se tornou demasiado onerosa num determinado país, tendo em conta o orçamento dos agregados familiares, convém comparar o aumento dos preços face ao dos rendimentos”, explica o estudo do IÉSEG, citado pelo Dinheiro Vivo.

No caso de Portugal, e conforme referido em cima, a diferença entre a taxa de crescimento dos preços das casas e a taxa de crescimento dos rendimentos líquidos de uma família típica ultrapassa os 30%. Pior só mesmo a Irlanda (60,04%). 

 

loading...
 
 
 
Loading...